Jovens participam de Clínica Social de Beach Soccer

Jovens participam de Clínica Social de Beach Soccer

Foi uma manhã especial para mais de quarenta jovens, entre 15 e 18 anos, da Baixada Fluminense. No dia 3 de maio de 2019, alunos da Escola Estadual Pedro Álvares Cabral, de São João de Meriti, aprenderam os fundamentos do beach soccer e ao mesmo tempo se divertiram no legado olímpico do Rio de Janeiro.

Na quadra de areia do Parque Olímpico da Barra, Rio de Janeiro, Gabriel Morett, 16 anos, realizou um sonho, conheceu o palco principal dos Jogos Rio 2016 e vivenciou experiências com um esporte que nunca tinha tido contato. “ Praticamos o beach soccer, conhecemos pessoas novas, conversamos com pessoas que falam outro idioma. Saímos do nosso ambiente escolar para termos uma experiência sensacional que vou levar para a vida toda”, contou empolgado.

A professora Cleide Lopes, responsável pelo grupo, almeja que oportunidades como essa se repitam. “Esperamos poder trazer outros grupos de estudantes para vivenciar momentos como o de hoje”.

A clínica social, realizada pela Conmebol e CBF, em parceria com a AGLO, que gerencia quatro arenas do Parque Olímpico, foi comandada por integrantes das comissões técnicas das 10 seleções que disputaram as eliminatórias da Copa do Mundo.

“ É uma satisfação voltar ao meu país, nesta cidade maravilhosa, e participar de uma ação social espetacular. Apresentamos a modalidade seus fundamentos técnicos ao grupo de jovens, nenhum deles tinha jogado beach soccer ainda, e depois promovemos um jogo para interação e experimentação. É um esporte barato, acessível, que todos podem ter acesso”, afirmou o brasileiro e técnico da seleção peruana Chicão Castelo Branco.

A atividade esportiva e social aconteceu durante o torneio da Conmebol, que agitou a quadra externa de areia, entre 28 de abril e 05 de maio, e reuniu muitas famílias na torcida pela seleção brasileira.  Morador da região do entorno do parque, Nicolas Vieira, 11 anos, assistiu a todos os jogos acompanhado da avó e do primo. “Muito legal o espaço e a competição. Espero que tenha mais vezes beach soccer aqui”.

O público pode participar da festa de comemoração do título do torneio, conquistado pela seleção brasileira sobre a seleção uruguaia por 9 x 1.  Foi a segunda vez que o legado olímpico do Rio recebeu um evento de beach soccer. “Ficamos muito felizes com mais essa parceria. Temos a expectativa que o espaço seja a nova casa do beach soccer brasileiro. A quadra foi construída sem a necessidade de investimentos públicos. Apenas através de contrapartidas obtidas através da locação das arenas administradas pela AGLO. É mais uma demonstração de que o trabalho realizado pela nossa equipe está fortalecendo a ocupação do legado olímpico “, afirmou o presidente da AGLO, Paulo Márcio Dias Mello.

 

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário:

X
X